“Banquês” ou Jargões bancários

Apesar de não gostarmos de falar “banquês” (jargões e palavras utilizadas pelos bancos), muitas vezes ao contratar um empréstimo consignado acabamos ouvindo esses termos. Mesmo que exista essa linguagem, é importante conhecer, pois você pode encontrá-la em outros lugares.

Por isso vamos te ajudar!

Vamos explicar um pouco sobre alguns termos mais utilizados pelos bancos que talvez você queira conhecer mais (aproveite e meia sobre as siglas mais utilizadas pelos bancos).

  • Refin ou Refinanciamento

Quando o banco informa que você pode fazer um “refin” ou “refinanciamento”, significa que o seu contrato pode ser renegociado. Nesse tipo de operação, normalmente, as parcelas são mantidas com o mesmo valor e, por gerar um novo contrato, o parcelamento e a dívida “recomeçam”. Neste tipo de operação você recebe um valor líquido, pois do bruto é retirado o saldo devedor da antiga parcela.

  • Portabilidade

É uma espécie de refinanciamento, porém você muda o banco no qual possui o empréstimo. A parcela sai do banco X e vai para o banco Y, e você ainda recebe um saldo. É importante ficar atento a esse tipo de operação para verificar se ela realmente vale a pena ser realizada, pois é bastante demorada e dependendo da sua urgência é melhor refinanciar com o banco com o qual possui a dívida atual.

  • Margem consignável

Ou simplesmente margem,  é o valor permitido por lei que você pode comprometer do seu salário para pagar parcelas de um empréstimo consignado. Normalmente é limitado em 30% do seu salário.

  • Órgão averbador

O órgão averbador é o responsável pela autorização do seu empréstimo, controla sua margem consignável e em alguns casos é responsável pela folha de pagamento (ex.: INSS, Estado de São Paulos ou Prefeitura de São Paulo). Ele também é responsável pelo repasse das parcelas ao banco.

  • Averbação

Outro termo que o banco costuma utilizar é o “averbado”, ou “averbação”. Quando o seu órgão reserva a sua margem consignável, quer dizer que a proposta foi aprovada por ele. Depois desse processo, só depende da análise do banco para realizar o pagamento do seu contrato de empréstimo.

Sem banquês na emprestimofacil.com + uConecte!

Esperamos que essas explicações te ajudem a negociar, conversar e entender um pouco mais sobre o seu empréstimo consignado.

Caso queira ver mais dicas para a contratação do seu empréstimo consignado, leia mais aqui.

Sem banquês na emprestimofacil.com + uConecte

Ah! E lembrando também que, na Emprestimofacil.com + uConecte, conversamos na mesma linguagem que você. Evitamos ao máximo o banquês! Crie sua conta agora e experimente uma experiência totalmente nova!

SIMULE AGORA

 


Saulo Domingos

Saulo Domingos

Formado em Administração e Pós Graduado em Gestão Comercial / Vendas. Trabalha na Emprestimofacil.com desde 2009, com experiência e conhecimento em empréstimo consignado e outros produtos financeiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Dicas

Viva tranquilamente com a sua aposentadoria. Veja 3 dicas!

Todos querem ter uma vida financeira sem grandes sustos, por isso, separamos hoje 3 dicas para você que já é aposentado, viva tranquilamente com a sua aposentadoria. Mas sabemos que as contas nunca param. Muitas Leia mais…

Dicas

Planejamento para solicitar um empréstimo! Veja o que você deve fazer

Toda operação financeira deve ser bem pensada para tomar a decisão correta! Isso não deve ser diferente no momento de contratar um crédito consignado. Para te ajudar nesse momento, vamos falar sobre o planejamento para Leia mais…

Dicas

Cédula de Crédito Bancário, você sabe o que é isso?

Muitos beneficiários do INSS ao realizarem um empréstimo consignado acabam recebendo várias orientações dos correspondentes, pedindo para assinarem o contrato. Alguns dizem apenas para assinar a Cédula de Crédito Bancário, mas não explicam para as Leia mais…